13.6.06

Amar é não sentir irc


Quando a gente sabe que realmente ama alguém? Que sinal, que prova, em que momento a gente tem essa descoberta tão necessária e importante e, ao mesmo, tempo tão difícil de precisar? Eu arrumei minha maneira. Descobri que amar é não sentir irc. Irc é, para mim, um dos piores sentimentos que você pode ter por alguém. Por isso determinei que ele é muito mais forte do que todas aquelas baboseiras juntas: superar as dificuldades, perdoar, se doar, ser companheiro, ser verdadeiro, sentir tesão de segunda a segunda, ter pinto grande, ter bunda dura, ter dinheiro no banco. O irc é o vírus que destrói o amor.

Faça o teste para saber se você já sentiu irc por alguém:
1) Vocês vão a um restaurante fresquinho, desses cheios de talher e copos na mesa. Ele está lindo, bem arrumado e cheiroso. Mas não sabe pegar o garfo direito, pendura o guardanapo no pescoço e bebe o vinho tinto na taça de água. Como você se sente? Se nem ligou, ótimo, você não tem irc. Mas se se irritou, minha amiga, é provável que você tenha irc.

Quanto aos homens, não sei se eles sentem irc. Até porque eles são meio desligados para alguns detalhes. Se você é homem e está lendo este texto, por favor, dê sua opinião.

O irc não é a aversão a um defeito de alguém. É o nervosinho que você sente pelo jeito de uma pessoa a ponto de não conseguir tolerar nem mais um mês ao lado da pobre ou do pobre coitado. O irc começa aos poucos, você nem percebe direito. É difícil de controlar, é crescente, é dominante. Se você sente irc por alguém, dificilmente ele ou ela vai ser o amor da sua vida. Eu superei os ircs, acho que posso dizer que já sei amar.

9 comentários:

Bruno R. disse...

cacete! o conceito do "irc" é a descoberta mais formidável da sociedade moderna.
homens tb sentem irc, e em situações que provavelmente deixariam vcs sensivelmente atordoadas.
mas depois falo sobre isso.
:-)

clara disse...

Muito bom o blog de vocês ! Li o primeiro texto e só consegui parar no último da página. E cada um me provocou uma reação diferente, de "pô, acho que eu faço isso/sou assim" a risadas. Muito bom mesmo, vou voltar sempre !

lorão disse...

mucho bom :)
mas, por que "irc"?

Duas disse...

Foi elisa quem escreveu, mas imagino que seja aquele som tipo "eca", mas meio americanizado. se é que isso faz algum sentido:) Quando ela voltar perguntamos:)

Duas disse...

Oi, Clara. Brigadão pelo comentário. A gente fica feliz quando vê que alguém lê (gostar é lucro:)) nossos textos. Volte sempre mesmo:) bjs.

Anônimo disse...

muito bom!!! adoro de mais!!! os textos e as duas!!!
bjinhos
Anhinha

Duas disse...

a gente tb te adora, anninha. é um privilégio ter uma amiga tão fashion. bjo

Anônimo disse...

nossa! adorei esse conceito de "irc". hahahaha. é, já senti irc com várias pessoas :P.

Alex Salles disse...

Sinto muuuuuuuiiiiiiiito irc!! Quer um exemplo??
Você conta uma piada inteligente e depois tem que explicar onde está a graça. irrrrrrrrrrrrrrrrc!!!!!
Você está discutindo porque que a banana é amarela e a outra pessoa diz: nada disso, a laranje é redonda. irrrrrrrrrrrrrrrc!!!!
Adorei!