13.12.07

Revelações

- Que foi? Você tá estranha.
- Né nada não.
- Mas você mudou de uma hora pra outra.
- Que nada...
- Foi o filme? Você não gostou?
- Não, adorei.
- Foi nosso primeiro filme juntos, né? Ainda vai ter mais um monte de primeiras coisas, já pensou que delícia?
- Pensei sim.
- Poxa, Teté, você mal tá conversando. Conta o que é.
- Nada... acho que preciso ir embora.
- Ir embora? Mas a gente não ia fazer um macarrão especial, abrir um vinho?
- Eu sei, amor, eu sei, desculpa. Mas tenho que ir.
- Peraí. Você achava que tinha que ir e agora já tá calçando a sandália pra sair?
- Não é nada com você.
- Ah, Teté, nem vem com esse clichê de o problema sou eu e não você.
- Júlio. Eu sou louca por você. Faz tempo que não sinto isso tudo por alguém, mas eu preciso ir. Se não consegue entender, pelo menos aceite, por favor.
- Poxa, agora vai ficar um climão.
- Amanhã eu volto, Júlio. Só tenho que ficar um pouco sozinha, sabe?
- Mas você tá aqui faz duas horas só.
- Me leva até a porta?
- Tá. Cadê meu chinelo?
- Vem descalço mesmo, tô com pressa.
- Pressa? Agora tá com pressa? Você tem outro compromisso?
- Caramba, Júlio, pára de pensar besteira.
- Mas o que é pra pensar? A gente estava abraçadinho, vendo filme, dando uns amassos bons e de repente você quer ir embora? Sinceramente eu...
- Merda.
- Teté.
- Não fala nada, não fala nada.
- Isso foi um pum, Teté? Você peidou?
- Não olha pra mim, sai de perto.
- Teté, pára de correr, volta aqui.
- Páááára. Não venha atrás.
- Tetezinha, isso tudo é porque você quer fazer cocô?
- Eu não faço cocô, não pra você.
- Teté, pára de correr, você vai fazer na calça desse jeito.
- Tá, tá. Parei. Era isso. Queria fazer cocô. Agora você sabe e a vizinhança toda também. Que vergonha.
- Meu amor, que bobagem. To com câimbra na bochecha de tanto rir.
- Ri... ri mesmo. Que situação... cocô não combina com começo de namoro. E eu ainda soltei pum, é o fim.
-Teté, eu também faço cocô, larga de ser boba. Talvez a gente pudesse ter adiado essas revelações, mas agora a merda tá feita. Ou quase.
-...quero enfiar a cabeça embaixo da terra.
- Oha pra mim. Você vai subir agora e fazer esse cocô lá no banheiro, tá?
- Tá... mas você fica longe? Não quero que escute nada.
- Juro. Vou ficar com a tv ligada, lá na sala.
- Tá... então eu vou.
- Me dá um abraço antes.
- Dou...
- Mas não peida não, hein?

49 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom!
Chorei.

olney disse...

Ótimo texto; gostei muito, parabéns!

Luciana disse...

ai ai o começo é sempre assim, depoius vira bagunça.
amo vcs eu sei que é difícil mas poderiam haver mai textos no mês né....

Priscila disse...

Ahahah meu deus, chorei de rir aqui! Vocês são ótimas=)
beijim

everson disse...

peidar é sacanagem,hein
hahahhaha

Duas disse...

hahahaha me lembrou um amigo que contou uma aventura assim. primeira vez com a namorada, suíte master mega num hotel-glamour e, de repente, o alien surge no intestino grosso. ele inventou uma história (de madrugada) e foi dar uma voltinha lá na recepção. ô dó.

beijo, docinho

Silvia disse...

Esse foi para combinar com o título do Blog...

Caloã Novellino disse...

minha nossa, sério...
eu acho simplesmente fantásticos os textos de vcs. Entro todo dia pra ver se tem um novo.

Putz...
uhauhauhauhauha
Posso roubar esse texto docinho? Juro que ponho os créditos uhauhaa
ai ai...
barriga doendo de tanto rir.

Mas no começo é vergonha, depois vira sacanagem!

Déborah Capel; disse...

kkkkkkkkkkkkk
adorei o diálogo, mas nossa, que vergonha ein?
não consigo nem me imaginar no lugar da menina, ainda mais no primeiro encontro e tal.
Ah, sou novata por aqui.
;* fica com Deus!

Janyele disse...

Também sou nova, bom, mais ou menos, já tem um tempo que leio mas não costumo comentar nada...
Adorei, sou fã... Hilário!
BJu
=]~

Dedinhos Nervosos disse...

hahahaha muito bom!
Pior que depois que vira muito íntimo começa a soltar pum embaixo do lençol!

Má disse...

HAHAHAHAHAHA...chorei
adorei, Brasil!

Depois que viram íntimos rola até falar: Mô, peidei!

Marcello disse...

Hahahaha...o "mas agora a merda tá feita" deveria ganhar um prêmio como o melhor "trocadalho contextualizado de 2007". Muito bom...

Rodolfo Barreto disse...

Sensacional.
Acho que cheguei no blog no momento certo. quer dizer: deixa eu ir ali pegar um pregador e já volto.

Skate com Média disse...

Rsssss... Ops, desculpe, peidei!

Ju disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Só vcs pra me fazerem rir depois de um dia de merda!
=)

manu, cara de anú disse...

"- Isso foi um pum, Teté? Você peidou?
- Não olha pra mim, sai de perto.
- Teté, pára de correr, volta aqui.
- Páááára. Não venha atrás.
- Tetezinha, isso tudo é porque você quer fazer cocô?"

EUHEUHHAUUAHUHUIEA, morri!
"Aperta que ela peida."

Camila disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

ahhhh muitoo bom adoreiiii de mais ahhahahahahahahahahahahhaa

Bira disse...

No começo é assim, um fica sentado no chão do banheiro conversando com o outro q ta no vaso.... relacionamentos são sempre um baú análises para vocês né meninas. Parabéns!!! Ri horrores!

Bjos nas duas

Ane Brasil disse...

kuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Simplesmente hilááááário demais!

Adorei!

Sorte e saúde pra todos!

Dr. Banner disse...

Desculpa perguntar, mas não tou me agüentando: tinha papel?
Amplexos!

bruno disse...

fantástico!

teo netto disse...

Bicho, muito engraçado!
Adorei....
beijos

Sandro disse...

Rolei de rir.
Estão me achando louca por ficar gargalhando em frente ao monitor.
Estava precisando disso!

Carolina Rod disse...

kkkkk
bochechas com caimbras aqui tbm.
vcs sao otimas!!

Stress Girl disse...

Tô rindo MUITO. Já passei por uma situação parecidissima, é o óóóó!!!!
Amei o blog.

Dama disse...

Adorei!! Tou aqui rolando de tanto rir.
Vocês são ótimas, quando crescer quero escrever assim, rsrsrs.
Beijo grande.

Cássia disse...

Hahahahahaha, eu estou rindo muito, hahahahahahaha. Vocês animaram o meu dia, mesmo, vou lembrar do texto e rir.

Beijos.

Paulo Bono disse...

sensacional, redatoras de merda.
parabéns.

abraço

anngeldani disse...

Hahahahah mto bom...! Adorei as revelações, ri mto..hehehe!

Laura disse...

Faz pouco tempo que conheço o blog de vcs meninas acho que meia hora pra ser exata, mais foi o suficiente para ñ querer sair mais daqui e ler tuuuudo o que vcs ja escreveram e eu perdi..Adorei parabéns..agora vou estar sempre por aqui..posso?
=)

raquel disse...

hahaha,
essa neura eu não tenho, thanks god.
Agora o cúmulo da intimidade foi um casal amigo meu, que o cara chamou a mulher pra ver o cocô que ele tinha feito. Eu chorei quando ela me contou.

Mah disse...

Incrível como os textos são bons, e divertidos.

Fabiana disse...

to rolando de rir aqui, muito engraçado...

vcs sao otimas

Angela disse...

Hilário!!
Me acabei de rir!!
Parabéns!!

absurdosabstratos disse...

Ah... o amor...

P.S.: "pensar" é ÓTEMO.

Anônimo disse...

EXCELENTE TEXTO.VISITEM TAMBÉM MEU BLOG SÓ DE CRÔNICAS DE HUMOR: http://paulotamburro.blogspot.com
OBRIGADO PELO ESPAÇO.

criscalina disse...

Conhece esse do Leminski?

Merda e ouro

Merda é veneno.
No entanto, não há nada
que seja mais bonito
que uma bela cagada.
Cagam ricos, cagam pobres,
cagam reis e cagam fadas.
Não há merda que se compare
à bosta da pessoa amada.
(Paulo Leminski)

Ótimo diálogo.

Nathália disse...

Val e Elisa, simplesmente fantástico...tão bom ler o blog depois de tanto tempo. beijos e feliz 2008 pras duas :)

Claudia Pessanha disse...

No... estou rindo até agora! uhauhuaha.. muito bom mesmo!

BJinhuss meninas! Bye!

TÁFFINI BRITTO disse...

Muito bom!
Parabpens pelo blog..me foi indicado por uma amiga....virei fã!
beijos

Tatiana disse...

hahahahahha
adorável!

Lia Drumond disse...

Nossa, quase me mijei de tanto rir. Ótemo!!! Bjs

Cristiane disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Isso me lembra minha primeira grande viagem com meu namorado. Perdi hora arquitetando um plano para expulsá-lo do quarto e poder usar o banheiro em paz.

enailuj disse...

HAHAHAHAHAHAHA

aiuhaih assuntos 'sanitários' são sempre constrangedores. Ainda mais na época de 'primeiras coisas' de início de namoro...

haha muito bom, adorei!
beijos!

Ana Paula disse...

Muito bom mesmo, adorei!! Imagina a cara da coitada, ainda mais depois do comentário final, rsrrsr.

Bjs!

Denise disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Sensacional!!!
Tinha que ficar com a tv ligada, e bem alta!!

"O que o amor constrói, o banheiro destroi!"
kkkkkkkkkkkkk

diene disse...

hauahuahuahauhauha
mt bom o texto e o comentário de cima!!! kkkkk

Milla Kunis disse...

Morri! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
chorei agora!