16.5.07

Tortura moderna

“Tenta sim. Vai ficar lindo.”
Foi assim que decidi, por livre e espontânea pressão de amigas, me render à depilação na virilha. Falaram que eu ia me sentir dez quilos mais leve. Mas acho que pentelho não pesa tanto assim. Disseram que meu namorado ia amar, que eu nunca mais ia querer outra coisa. Eu imaginava que ia doer, porque elas ao menos me avisaram que isso aconteceria. Mas não esperava que por trás disso, e bota por trás nisso, havia toda uma indústria pornô-ginecológica-estética.

- Oi, queria marcar depilação com a Penélope.
- Vai depilar o quê?
- Virilha.
- Normal ou cavada?
Parei aí. Eu lá sabia o que seria uma virilha cavada. Mas já que era pra fazer, quis fazer direito.
- Cavada mesmo.
- Amanhã, às... deixa eu ver...13h?
- Ok. Marcado.

Chegou o dia em que perderia dez quilos. Almocei coisas leves, porque sabia lá o que me esperava, coloquei roupas bonitas, assim, pra ficar chique. Escolhi uma calcinha apresentável. E lá fui. Assim que cheguei, Penélope estava esperando. Moça alta, mulata, bonitona. Oba, vou ficar que nem ela, legal. Pediu que eu a seguisse até o local onde o ritual seria realizado. Saímos da sala de espera e logo entrei num longo corredor. De um lado a parede e do outro, várias cortinas brancas. Por trás delas ouvia gemidos, gritos, conversas. Uma mistura de Calígula com O Albergue. Já senti um frio na barriga ali mesmo, sem desabotoar nem um botão. Eis que chegamos ao nosso cantinho: uma maca, cercada de cortinas.
- Querida, pode deitar.

Tirei a calça e, timidamente, fiquei lá estirada de calcinha na maca. Mas a Penélope mal olhou pra mim. Virou de costas e ficou de frente pra uma mesinha. Ali estavam os aparelhos de tortura. Vi coisas estranhas. Uma panela, uma máquina de cortar cabelo, uma pinça. Meu Deus, era O Albergue mesmo. De repente ela vem com um barbante na mão. Fingi que era natural e sabia o que ela faria com aquilo, mas fiquei surpresa quando ela passou a cordinha pelas laterais da calcinha e a amarrou bem forte.
- Quer bem cavada?
- ...é... é, isso.

Penélope então deixou a calcinha tampando apenas uma fina faixa da Abigail, nome carinhoso de meu órgão, esqueci de apresentar antes.
- Os pêlos estão altos demais. Vou cortar um pouco senão vai doer mais ainda.
- Ah, sim, claro.
Claro nada, não entendia porra nenhuma do que ela fazia. Mas confiei. De repente, ela volta da mesinha de tortura com uma espátula melada de um líquido viscoso e quente (via pela fumaça).
- Pode abrir as pernas.
- Assim?
- Não, querida. Que nem borboleta, sabe? Dobra os joelhos e depois joga cada perna pra um lado.
- Arreganhada, né?
Ela riu. Que situação. E então, Pê passou a primeira camada de cera quente em minha virilha virgem. Gostoso, quentinho, agradável. Até a hora de puxar.


Foi rápido e fatal. Achei que toda a pele de meu corpo tivesse saído, que apenas minha ossada havia sobrado na maca. Não tive coragem de olhar. Achei que havia sangue jorrando até o teto. Até procurei minha bolsa com os olhos, já cogitando a possibilidade de ligar para o Samu. Tudo isso buscando me concentrar em minha expressão, para fingir que era tudo supernatural. Penélope perguntou se estava tudo bem quando me notou roxa. Eu havia esquecido de respirar. Tinha medo de que doesse mais.
- Tudo ótimo. E você?
Ela riu de novo como quem pensa “que garota estranha”. Mas deve ter aprendido a ser simpática para manter clientes.


O processo medieval continuou. A cada puxada eu tinha vontade de espancar Penélope. Lembrava de minhas amigas recomendando a depilação e imaginava que era tudo uma grande sacanagem, só pra me fazer sofrer. Todas recomendam a todos porque se cansam de sofrer sozinhas.
- Quer que tire dos lábios?
- Não, eu quero só virilha, bigode não.
- Não, querida, os lábios dela aqui ó.
Não, não, pára tudo. Depilar os tais grandes lábios ? Putz, que idéia. Mas topei. Quem está na maca tem que se fuder mesmo.
- Ah, arranca aí. Faz isso valer a pena, por favor.
Não bastasse minha condição, a depiladora do lado invade o cafofinho de Penélope e dá uma conferida na Abigail.
- Olha, tá ficando linda essa depilação.
- Menina, mas tá cheio de encravado aqui. Olha de perto.

Se tivesse sobrado algum pentelhinho, ele teria balançado com a respiração das duas. Estavam bem perto dali. Cerrei os olhos e pedi que fosse um pesadelo. “Me leva daqui, Deus, me teletransporta”. Só voltei à terra quando entre uns blábláblás ouvi a palavra pinça.
- Vou dar uma pinçada aqui porque ficaram um pelinhos, tá?
- Pode pinçar, tá tudo dormente mesmo, tô sentindo nada.
Estava enganada. Senti cada picadinha daquela pinça filha da mãe arrancar cabelinhos resistentes da pele já dolorida. E quis matá-la. Mas mal sabia que o motivo para isso ainda estava por vir.

- Vamos ficar de lado agora?
- Hein?
- Deitar de lado pra fazer a parte cavada.
Pior não podia ficar. Obedeci à Penélope. Deitei de ladinho e fiquei esperando novas ordens.
- Segura sua bunda aqui?
- Hein?
- Essa banda aqui de cima, puxa ela pra afastar da outra banda.
Tive vontade de chorar. Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la. Fiquei pensando nela acordando à noite com um pesadelo. O marido perguntaria:
- Tudo bem, Pê?
- Sim... sonhei de novo com o cu de uma cliente.

Mas de repente fui novamente trazida para a realidade. Senti o aconchego falso da cera quente besuntando meu tuin peaks. Não sabia se ficava com mais medo da puxada ou com vergonha da situação. Sei que ela deve ver mil cus por dia. Aliás, isso até alivia minha situação. Por que ela lembraria justamente do meu entre tantos? E aí me veio o pensamento: peraí, mas tem cabelo lá? Fui impedida de desfiar o questionamento. Pê puxou a cera. Achei que a bunda tivesse ido toda embora. Num puxão só, Pê arrancou qualquer coisa que tivesse ali. Com certeza não havia nem uma preguinha pra contar a história mais. Mordia o travesseiro e grunhia ao mesmo tempo. Sons guturais, xingamentos, preces, tudo junto.

- Vira agora do outro lado.
Porra.. por que não arrancou tudo de uma vez? Virei e segurei novamente a bandinha. E então, piora. A broaca da salinha do lado novamente abre a cortina.
- Penélope, empresta um chumaço de algodão?
Apenas uma lágrima solitária escorreu de meus olhos. Era dor demais, vergonha demais. Aquilo não fazia sentido. Estava me depilando pra quem? Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito. Só mesmo Penélope. E agora a vizinha inconveniente.

- Terminamos. Pode virar que vou passar maquininha.
- Máquina de quê?!
- Pra deixar ela com o pêlo baixinho, que nem campo de futebol.
- Dói?
- Dói nada.
- Tá, passa essa merda...
- Baixa a calcinha, por favor.
Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho? Mas o choque foi substituído por uma total redenção. Ela viu tudo, da perereca ao cu. O que seria baixar a calcinha? E essa parte não doeu mesmo, foi até bem agradável.
- Prontinha. Posso passar um talco?
- Pode, vai lá, deixa a bicha grisalha.
- Tá linda! Pode namorar muito agora.
Namorar...namorar... eu estava com sede de vingança. Admito que o resultado é bonito, lisinho, sedoso. Mas doía e incomodava demais. Queria matar minhas amigas. Queria virar feminista, morrer peluda, protestar contra isso. Queria fazer passeatas, criar uma lei antidepilação cavada. Queria comprar o domínio preserveasbucetaspeludas.com.br. Queria tudo.
Menos namorar.
(sim, este é o texto original)
ilustração do galvão: www.vidabesta.com
valeu pela sugestão, naths:)

149 comentários:

Duas disse...

o melhor texto desse blog! não sabia se eu ria ou se lia, adorei, docinho.

cara, a gente sofre com essas modernidades. mas, pelo menos, todo sofrimento serviu para você escrever. treme, treme, treme :)

Duas disse...

melhor eu não sei, mas o maior é com certeza:)
um beijo, direto da estação chácara von schilgen:)

Giovana Duarte disse...

Hahahaha! Meu Deus, tô caindo de risada aqui, meu chefe vi me matar, kkkkkkk!!
Vou imprimir esse texto e levar pra minha mãe, porque ela vai se lembrar de uma história aê ao ler o "vira o outro lado", que aconteceu com uma filha dela... rêrê!!!
Gente!!! Vocês alegraram meu dia!!!
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Giovana Duarte disse...

Ah, só mais um comentário. O advogado que trabalha na mesa do meu lado tá me perguntando se eu tô doida... eu tô chorando de rir!!!
Hahahahaha!!!!!!

lele disse...

Gente, ainda tô chorando...de tanto rir...Val, imagino o texto depois que você conhecer a depilação a laser...ha ha ha ha.

Thalmo disse...

E eu sou o único homem a comentar? Puuutzzz!!! Ainda estou chorando. Esse é o tipo de história completamente inédita. Ao menos, nunca sequer ouvi falar de tal relato escrito com todas as letrinhas. Bão demás!!!!
Abraço!

Karol disse...

já fiz meu abdominal do dia [não consigo parar de rir]. muito bom.

Ramon disse...

Vcs dediam colocar no inicio do texto um aviso para as pessoas não lerem isso na frente do chefe. A sala inteira olhando pro doido aqui gargalhando e chorando de rir. Maravilhoso mesmo.

oamareloeonada disse...

béxu!!!! sem palavras...e tô sentindo que vou pagar alguns micos por aí, rindo sozinha quando lembrar de alguma parte do texto. engraçado demais!

Primo disse...

Absolutamente fantástico. O texto é muito, muito bom... como todos, literalmente chorei de rir. Olha, ficarei até mais solidário com minha esposa agora... vou paparicá-la mais depois que ela fizer... ;). Beijos!

Bruno R. disse...

(recuperando o fôlego)



(ainda recuperando)



genial.
nunca tinha visto um relato sobre o assunto que parecesse tão real (ao menos em texto hehe).
e a penélope sonhando com o cu foi foda. quase chorei.

esse vai bater recordes.

Anônimo disse...

Olha, vou te dizer que isso me pareceu mais que um filme de terror... e depois deste relato, não vai haver amigas que consigam me convencer a tira a minha mata atlanica queimada rsrsrs...

Anônimo disse...

ramon, eu sei exatamente do que vc ta falando. valéria, eu sei exatamente e com muita força o que vc ta falando. cada palavra. vc resumiu a coisa da forma mais linda que eu já... muuuito bom demais, meu deus!!!
O problema é que eles crescem, e eu quero ver vc o que vai estar sentindo qdo isso acontecer. se já esqueceu a dor e quer sentir aquele lisinho de novo ou se vai fazer a escolha pela cabeleira...
hehehee
ju dadalto

everson disse...

aquela parte do sonho é a melhor!!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
ainda bem que não foi com vocÊ né?
beijo do namorado

Mari disse...

hahaha! hilário e deprimente ao mesmo tempo!
pq as mulheres se submetem a isso né? tortura... hehe

Zacché disse...

Putz Val. Fantárdigo esse texto! Parece que eu ouvia vc falando "deixa a bicha grisalha" enquanto lia. Me matei de rir!

Paula disse...

só a gente sabe o que é uma depilação com cera quente... haeuheauaeheuahea
caralho, texto muito bom, muito bom mesmo! :)

Paula disse...

ah... envenenar a PÊ com o peido foi sensacional...

naths disse...

Puts...muito, muito engraçado! Passei mal de tanto rir lendo esse texto...acho que foi por isso que não consegui publicar o comentário antes..não tava dando conta...hehehehe Adorei e me localizei na hora! Val, Mulher..vc tá de parabéns! bisous!

Aline disse...

''Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho?''

hauahaUHAUahuahauhaUAh
terrivel vcs!
:D

Gus disse...

HAHAHAHAHAHAHAAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAAHAHA
HAHAHAHAHAHAHAAHAHA

Chorei, é sério... Cês sabem o quanto choro quando perco as estribeiras.
Cocozones, sua cara.
Parabéns. Você se superou.

Beijo procês duas.

júlia disse...

gente! vc realmente incorporou toda a raiva e o desespero que causa uma porra destas! Ótemo! =]

carol veiga disse...

hahahahahahahah!!!!!
muito bom, muito bom!
cara, já passei milhares de vezes por essa situação. é claro que vc também, val! diga lá! mas vc escreveu como se fosse a primeira vez e ficou muito engraçado! o pior era a depiladora vizinha aparecendo várias vezes para interromper ou então a pinça, que para mim, é a pior parte! rsrsrs :) ... beijo!

Clô disse...

Val, uma descrição perfeita. Engraçadíssima. Concordo c/ a Carol, a pinça é a pior parte. Bjo

Camburizinho disse...

Depois falam das muçulmanas...

Chorei de rir também, mesmo sendo um homem peludo. Tendo já namorado finlandesas, alemãs e afins, admiro muito o esforço das brasileiras nessa área. Excelente texto, recebi por email sem créditos e cheugei aqui via google - está reproduzido em diversos blogs. Esse é o original?

Bruno R. disse...

viu, eu disse q esse ia bater recordes. já virou até viral de internet. :-)

Camburizinho disse...

Obrigado Valeria pela visita ao http://exploradordeitadonarede.blogspot.com e parabéns pelo texto, mais uma vez. O redatoras foi para meus RSS e minha barra de links, assim não perco nenhum post! Qto a ficarem chateadas, relaxem, afinal, não dói nada e depois vcs se sentem 4 quilos mais leves....

cara de anú disse...

Genial, genial, tive crises de riso aqui xD
Barbara me falou do texto e, coincidentemente, uma amiga me enviou um e-mail com ele. Detalhe: ela é baiana! Olha a fama, hehehe.

"Eu não podia ver o que Pê via. Mas ela estava de cara para ele, o olho que nada vê. Quantos haviam visto, à luz do dia, aquela cena? Nem minha ginecologista. Quis chorar, gritar, peidar na cara dela, como se pudesse envenená-la."
"Foram dois segundos de choque extremo. Baixe a calcinha, como alguém fala isso sem antes pegar no peitinho?"

HAIUHEIUUSIHUIHAUIHIAE!

Cauks disse...

Recebi esse texto por e-mail, com pequenas modificações. Postei no meu blog e pedi me falarem de quem é a autoria, caso alguém soubesse.
Felizmente, alguém sabia e me indicou o blog de vocês.

Adorei!!!

Vou lá colocar os devidos créditos.

:o)

Kam disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKK e mais mil KKKKKKKKKKKKKKKK
É a sua cara, Val. Só imaginava vc escrevendo. Amei muito.
Agora escreve a parte 2, quando os benditos começam a crescer e ficam pinicando a bunda... :)

Beijos

pianomanga disse...

Ola Val, boa tarde.
Realmente deve ser muito engracado
alguem sofrendo como sovaco de alei
jado enquanto a plebe rude se deli
cia com a sua tortura. Da proxima faz o seguinte: Uma tesourinha de aparar bigode, um presto barba novo
um tubo de espuma, o namorado e um
quarto de motel. Rapidinho ele vai transformar a sua taturana em um lindo filhote de rato, vermelhinha
e lizinha. Depilar a perseguida com
cera quente? AH!!!!! Para com isso.

Carlos Alberto Teixeira disse...

Oi, Val. Estou com asma de tanta gargalhada. Obra-prima esse texto. Por favor, confirme pra mim. Você é a autora? Adoraria saber, pois gostaria de postá-lo no Globo Online mas quero dar os créditos corretos. Por favor, entre em contato.

Aplausos de pé!

- c.a.t.
cat2007 ARRÔBA pobox PONTO com

Carlos Alberto Teixeira disse...

Val, aqui é o c.a.t. novamente. Gostaria de entrevistá-la. Por favor, ligue-me a cobrar, a qualquer hora, para 9-021 (21) 2255-3676. Ou então mande-me seu telefone que eu ligo.

Grato desde já.

- c.a.t.

cat2007 ARRÔBA pobox PONTO com

cris disse...

Menina muito legal e engraçada essa descrição...
Por que que a gente tem que passar por isso né??????
Mas todo mês tô la...pra fazer manutenção...KKKKKKKKKKK

Sucesso VAL!!!
Cris-Baiana

Kam disse...

Fora que o xixi perde o rumo.

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Beijos

cristianepf disse...

Magnifico. Precisavam ver eu me espremendo toda e rindo abafadinho pra não acordar a casa toda.

Lembro que uma vez, quando não tinha nada pra fazer, resolvi brincar com a cera fria que tinha aqui casa mas nunca tinha tido coragem de usar. Tentei depilar as pernas, mas bastou uma puxada pra eu olhar pra minha cadela, que me assistia, e dizer: "É maggie, vamos brincar de outra coisa"

Krevin disse...

Estava me depilando pra quem? Ninguém ia ver o tobinha tão de perto daquele jeito.

Bom isso ae já não é um problema real. Com certeza teu namorado vai vlorizar os trabalhos de Penelope !

Vanessa disse...

Épico e dilacerantemente engraçado. Coloquei um link em meu blog pra este post. É sem dúvida alguma uma das coisas mais hilárias que eu já li na internet, parabéns!

VanOr disse...

Sorry, a vanessa anônima sou eu

Tylon disse...

De rolar de rir. Muito bom. As imagens de um curta trash passavam pela cabeça.

MarciaAguiar disse...

Estou passando mal de tanto rir. Faço depilação de virilha (cavada) há uns 20 anos e não sinto nada, mas seu relato foi sensacional.
Da próxima vez você não vai sentir nada, você vai ver!

VanOr disse...

Val, o Tylon deu uma idéia que você deveria considerar seriamente: roteiriza isto e faz um curta. Se você precisar de produtor pro filminho, posso te colocar em contato com uma amiga que faria o diabo com sua epopéia estética.

A propósito: a galera está me ligando às lágrimas (de tanto gargalhar) para perguntar como eu descobri você. Ah, me faz um favor: fique famosa e ganhe muito dinheiro, sim? Quem sabe eu não me animo e sigo seus passos? ;o)

Luciana disse...

Demais!!!!
Vi a indicação no blog da VanOr e vim correndo checar! Nunca pensei que alguém pudesse descrever tão bem a tortura de uma depilação!!!
Parabéns!

espelhodesombras disse...

Linda Val, nem precisava passar por esta tortura-flagelo-cristão-medieval, pois homem nem olha tais coisas. E se algum achar bonitinho, desconfia do cara... Aliás ao natural e a cores é muito mais charmoso...Mas adorei teu texto, e tens a mó vocação para humor... Um grande barato...beijos

Dourado disse...

Acabei de ler um e-mail com esse post.

Tou soluçando de tanto rir, é q minha bunda tem tanta crina q fica difícil de aplicar uma injeção.

Excelente blog!

Jussara disse...

Se algum dia pensei em fazer essa tal depilação, você acaba de me fazer mudar de idéia...

(vim aqui indicada pela VanOr e não me arrenpendi - seu texto é ótimo!!!!)

raqwinter disse...

Ri tanto quando recebi esse texto por e-mail! Mas ele chegou faltando o final e a autoria... graças ao bom google consegui chegar aqui e ler na íntegra. Malditos copy-and-paste que não dão autoria e nem copiam direito.
Meus parabéns, li umas 3 vezes e chorei de rir nas 3. Vou ler o blog todo, agora. Muito bom.

F disse...

nossa, val, me mandaram esse texto pro email, depois descobri que era daqui. sucesso absoluto!

hein, se tiver ficado traumatizada com a penélope, te dou o telefone da claudinha, gente fina. ela é tão bacana que nem te deixa constrangida de mostrar as coisas pra ela.

beijo.

osvjor disse...

muito engraçado, parabéns

Anônimo disse...

hahaha fantástico, parabéns!!!

O Pirata disse...

Esse texto nos leva a ficar igual um retardado rindo sozinho na frente da tela do PC enquanto os teus colegas de trabalho ficam se perguntado: Que porra é essa?

auhuhauhauhaauhuhauhauhaauhuhauhau
haauhuhauhauhaauhuhauhauhaauhuhauh
auhaauhuhauhauhauhauhauhauhahuahua

PERFEITO!

sandro cesar disse...

Val, não tm uma fotinha dela pra eu ver como ficou?

Anônimo disse...

HAHAQHAHAHA the best!!!!

Regina disse...

Garota,
vc. lavou nossa alma (peluda)...

VanOr disse...

Sandro Cesar do céu, estou admirada com a sua saliência! Eu sei que o texto fala de coisas ainda mais " pesadas" (UHAUAHA), mas seu mau comportamento foi tão inusitado que chegou a ser fofo. (e antes que você aproveite o dedo pra pedir o braço, não, também não tenho uma foto da minha periquita depilada pra matar sua curiosidade: sugiro que você faça plantão na frente da Pêllo Menos e vá à luta, tente a sorte!)

Duas disse...

hahahahaha
eu tô é rindo dos comentários.
val.

Armando disse...

Acho que nunca entrei em um blog tão feminino. Quanto mais conhecemos vocês mais o diagnóstico é : Vocês são umas loucas! Mulher é o bicho mais louco (e mais gostoso) desse planeta.
A depilação é dez! Li para minha mulher, que como eu, riu muito, e perguntei:
-Voocê acha que algum homem aguentava isso? E ela, de bate pronto: -Imagine! Só viado!
O texto da ex na festa também é demais. Alma feminina está lá.
Legal demais, vou recomendar para os marmanjos do Só Aborrecimento, onde colaboro. A tchurma vai rachar de rir!
Bjs

gigi disse...

ESPETACULAR!!!
Gritei de tanto rir.
Obrigada!

guto disse...

agradeço todos os dias por ter nascido homem. o mais perto que cheguei de fazer algo parecido com depilação, além de fazer a barba, foi dar uma aparada nos pêlos do suvaco.

Mercedes disse...

Ai que bom que eu achei a autora desse texto. é genial!
eu queria postar no meu blog, mas não sem saber de quem era, porque odeio quando publicam coisa minhas dizendo no final "autora desconhecida". Desconhecida de quem, cara-pálida!

Então...vou postar. e fique a vontade para me visitar.

Parabéns pelo texto. Há séculos eu não ria tanto.

Beijos

http://www.caixapreta.com.br

Dotô Adevogado disse...

Minha nossa. Nunca mais reclamo de periquitas mal aparadas.

Indira Carla disse...

Texto maravilhoso!!! ahahahahahhaah
to morrendo de rir!!!!

Sarneba disse...

Meninas,reproduzi o texto e só hoje fui saber a autoria deste.Em seguida,tratei de lhes dar o devido crédito(nada mais que minha obrigação) e recomendar a visita à este blog maravilhoso!
Beijos e ,acreditem ,minha mulher já acompanhou uma amiga em sua ida ao purgatório chamado sala de depilação.Ela disse que ficou na outra sala aguardando enquanto ouvia os urros e gritos da amiga!
Não,nós homens nunca teríamos coragem de encarar algo assim!

Danny disse...

Eu qualhei de rir,deitei na cama chorei......é querida, hoje é meu dia de ir na Pello Menos....kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk. Adorei, Beijos.

isabel disse...

muito bom - ainda bem que nunca me interessei em fazer isso.

Saramar disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk.....
Ai, ai, ai...
minha barriga dói de tanto rir.
Eu já havia lido este texto em algum lugar (nao me lembro onde).
Não sabia de quem era.
Muito bom, mmuito.
Certamente vai fazer história.

beijos doloridos e risadas ao meio.

Aurélio Alpoim disse...

Cara!!! Sensacional!!!

gigi disse...

ARRASOU! Publiquei lá no brog pq não sabia o link, até que um santo achou pra mim!

adoroooooooooooooooooo!

Anônimo disse...

Leiam o texto e vejam este vídeo no you tube:

http://www.youtube.com/watch?v=BWzi2W6AJKw

eu li, morri de rir e lembrei destas cenas.

Xereta® ((*..*)) disse...

Mininaducéu!!

Estava pensando em fazer uma depilação dessas outro dia quando teu texto caiu na minha caixa postal e... desisti na hora! Pode até ter algum exagero no teu relato mas não creio, deve mesmo ser essa tortura medieval. Nunca ri tanto, fiquei com o diafragma dolorido de tanto rir.

Vou reenviar pra galera, agora com o endereço do blog, quando recebi a primeira vez não estava assinado. Sorte que chegou de novo e outra e outras vezes e numa das últimas veio com o link da Redatoras de Merda.

Parabéns pelo texto, agradecida pelo alerta.

[ ]'s
Xereta® _q duvideódó q os homens ficam prestando atenção nesses detalhes... hehe ((*..*))

Sussa disse...

Ótimo meninas! Recebi por e-mail e não havia os créditos, mas graças a uma amiga tive acesso ao blog de vocês!!

naldusde disse...

nossa val... seu texto chegou duas vezes a minha caixa de email, a primeira não tinha a altoria, a segunda me fez chegar até seu blog!

parabéns pelos textos, são incríveis! escreva, escreva sempre!

de um fãn

Naldo Costa

cynthia disse...

eu estou desmaiando de rir

parabens pelo texto

abraco

cynthia

Nil disse...

Gargalhando até as lágrimas aqui.

Darei muito mais valor assim que sair com uma mulher bem depilada. È o mínimo, que eu, como homem, posso fazer... rs
:)

Juliana/RS disse...

Foi praticamente um serviço de utilidade pública... nunca depilarei minha virilha com cera... jamais!!!
Mt orbrigado!!!
E parabéns pelo texto! Foi hilário!!!

Anônimo disse...

Adorei o texto. Nunca ri tanto.
Maravilhoso!!!

LéO disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
OMG
meu dahora.
ainda mais qdo a minha mae é depiladora.
eu so ouço os gritos do salao.
'ANA VC VAI ARRANCAR O MEU GRELO'
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

É HILARIO.

parabens.
acho que é verdade neh.

nao me depilo!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!

Beto Ahmed au Doux disse...

Vim do Idelber. Mal enxergo o monitor, de tanto chorar. Sensacional.

renata benevides disse...

meninas
vcs conseguiram passar exatamente a angústia q é passar por essa tortura moderna. estou indo de encontro com minha carrasca agora. boa sorte pra mim. me lembrarei d vc. hehehe. rindo mt.

clara disse...

Muito bom o texto ! Ri muito aqui... apesar de não ligar muito pra dor de depilação, acho bem suportável !

D disse...

Meu, que puta texto bom.
Recebi por email e cai por acaso aqui. Parabéns.

Anônimo disse...

Incrivel, tive que ler em partes porque nao conseguia parar de rir. melhor texto que ja recebi.....

Anônimo disse...

Incrivel, tive que ler em partes porque nao conseguia parar de rir. melhor texto que ja recebi.....

Anônimo disse...

Incrivel, tive que ler em partes porque nao conseguia parar de rir. melhor texto que ja recebi.....

Lédio Carmona disse...

você bem que poderia tirar uma foto da sua xereca depois da depilação publicar aqui pra rapaziada.

o texto é bom, mas com foto ficaria melhor.

ps: além de rir muito também fiquei de pau duro, com todo respeito que você merece.

parabéns!

Vanessa Lampert disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Vanessa Lampert disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Duas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vanessa Lampert disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Vanessa Lampert disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
André disse...

MEOOOO DEOSSS
meussss parabensss
q textoooo
melhor q muitas 2 horas d um filme d comedia
tive q le d poco em poco q nao conseguia ahushiuhauihsuhiuahs

Panda "the big bear" disse...

Muito, muito, muito e mais 200 muitos bons!!!!!

hahahahah
to me matando de rir!!!

Jamais ouvira tal relato disso. Sempre tive notícias de que é o inferno na Terra, mas agora sei como funciona!!! Parabéns! Além de engraçada, escreve muito bem!

beijos.
---
Dê uma olhada em meu blog também, vai gostar:
http://escritasdogordinho.blogspot.com/

Tudo ou nada ... disse...

Olha não consigo deixar de pocar de rir (como todo bom capixaba)toda vez que leio seu texto. Recebi por e-mail e mandei para uma amiga a Karol e ela me disse que era seu. Muiiiiiiito bom mesmo assim como todos os outros, parabéns.

Luciana disse...

Nooossa, mto bom mesmo..ninguém descreveria tão bem esse processo..Se nao fosse trágico seria cômico...mas dá pra ri bastante..lendo neh, pq fazendo naum...Vou adicionar seu blog no meu, posso?

Débora disse...

Não creio que este texto é daqui...hahaha...caracas....achei esse blog sem querer hoje e naum acreditei quando me deparei com o texto...recebi por email de uma prima minha ontem....hahahah..

Enfim, mto bom! Parabéns pelo blog!!

oamareloeonada disse...

95 comentários! jesóis!

Paulo disse...

Recebi por e-mail e vim aqui conferir.
Putz, chorei de rir. Literalmente escorreram lágrimas dos meus olhos, de tanto rir.

amelie disse...

muito bom!
minha mãe!

Anônimo disse...

Pathy: Puts, este texto foi feito pra mim, saiba que me depilei um vez e a minha sensação foi igualzinha a dela, coisa horrível, vamos dizer não a depilação com cera e sim a gilette.

Bianca disse...

heuioaaioaioaeioheauioeha³³³
rii pooko .
eu e minha mãee neem choraaamos akii ;x
hahaha
a melhooooor crônica do Brasiiil minha gentee ! ~U.u
hueioaheuioioa
parabéens aee pelo texto ;D

Ana Márcia disse...

Um dos melhores textos q li este ano!!!!!!

Já mandei o link para várias pessoas!!!!

Anônimo disse...

Acabo de conhecer o blog. Que texto é esse? Maravilhoso. Estou morrendo de rir!! Parabéns!!

Dada disse...

Uma amiga me indicou esse seu texto..
NOSSAAAAAAAAAAAAAAA
Mto engraçado!!!
Sensacional!!
Ta de parabens!!!rsrs
E pretende voltar para fazer outra depilação!?
huahuahahuuaha
Beijos!

Angela disse...

Só li esse texto hoje, com meu marido, e estamos rindo até agora!!!!Bom demaaaaaaaaaaais, e muito bem escrito!!!Todos os ingredientes pra matar de rir. Olha, já tô imaginando encenado num pocket show. Eu faria na boa!!Com muito amor.Parabéns, parabéns, que humor fantástico!!Bjs!

Andre disse...

Olá, Elisa e Val.

Obrigado pelo contato referente créditos.

Abraço, e parabéns pela excelente tortura.

Andre

Eduardo disse...

Oi meninas...

Só uma curiosidade... esse texto é baseado em fatos reais??? hehe

abraço

nathalia disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
meu deus do cééééu
não consego parar de rir
mto mto mto mto boooooooooom!
kkkkkkkkkkkkkkkkk

Amy Bradshaw disse...

Este texto é incrivel !
muito booommmm
Parabens !!

bacana disse...

Ah...quer dizer que afinal estava aqui, não é?
Mas como é que a gente pode acessar os posts antigos da home de vcs (lá só tem os últimos)?
Afinal, eu leitor, quero ler tudo pra trás...quero devorar vcs (os textos, os textos...risos)
beijo baco bacana

bacana disse...

Ih..pode deixar, Tico e Teco (meus neurônios) já voltaram do almoço e já consegui ler o "Tampa".
Agora dá licença que tenho muito que fazer de 2005 prá cá.

beijo burróide porém bacana

Fidalgoz disse...

Delicioso texto, cheio de humor, de ritmo, muito bem escrito. E, como não podia deixar de ser, muito instrutivo. Interessantíssimo o blog de vocês. Voltarei sempre. Apareçam.

Um abraço!

Gladys disse...

Texto é maravilhoso uma terapia kakakaka adoro ele já li tantas vezes e cada vez q leio eu choro de rir.

dellconte disse...

meacabo de tanto rir com esta historia!!!!

Claudia Pessanha disse...

Gente, não sei se vcs tem noção, mas esse texto já rodou o Brasil! Todo mundo recebe ele pelo mail e chora de tanto rir quando lê! :D Pena que não colocaram os créditos. Mas sem querer, algum tempo depois de ter recebido o texto por mail, achei o blog de vcs! E descobri que são ótimas escritoras!

parabéns!!! :D

Cris disse...

Jesus.... Não sei se dou risada ou se me esondo de vergonha...
Por isso que eu prefiro a intimidade do meu gilete...rs

Cris
asesforcadas.blogspot.com

Isa disse...

me indicaram esse texto apos eu ter escrito sobre a mesma tortura no meu blog. impressionante ! a cada relato, parece que a minha dor piora... pq acredite: ainda dói !

sofremos, queridas, sofremos... e nada de reconhecimento !

adorei o blog !

A simplicista... disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Parabéns pelo texto! Nunca consegui racionalizar a vergonha e a dor dessa maldita tortura, e agradeço a vocês! Marquei depilação para amanhã, mas acho que não vou aparecer não...
Lembrei de uma amiga (juro que é amiga, não eu disfarçada de amiga) que foi convencida a fazer a tal cavada pela depiladora, só que a mulher não tinha experiência e deixou a cera esfriar e grudar no cu dela! Só saiu dissolvendo com acetona (a cera e o cu) e os pêlos ficaram lá. Humilhação total!

Anônimo disse...

Adoreiiiiiii.. Parabéns mesmo!!

Me fez ganhar o dia pelas risadas!

Anônimo disse...

nossa adorei meesmo .
muuito fodaa hsauhsauisha .
gaanheei meu dia . soh pelo o que eu rii . hauisahsiauhsaihsaisha;
Parabéens mesmoo .
beeeijo :D

Anônimo disse...

muuuuito legal,tô com dor de tanto rir,uma terapia do riso e tanto.
Parabéns...

Leila disse...

HILÁRIO!!!! a autora conseguiu expressar tudo o que eu queria ter dito quando fiz a mesma burrada que ela..... incentivada pelas "amigas" que diziam "dói só um pouquinho" e "melhor que prestobarba porque não coça quando cresce nem enche de bolinhas"... amigas????? putz!
Taí o motivo pelo qual eu fiz depilação com cêra quente na virilha uma única vez....

Bruno Silva disse...

Todo blog de mulher tem um depoimento sobre depilação. Hahahahaha E sempre tem coisas novas que tá aí, homem nunca vai saber se não ler o blog de vcs. hahahaha

Beijão, prolixas!
Bruno Silva
http://tiburcioblog.blogspot.com

danny disse...

ótimooo...eu não sabia se lia, ria ou parava de chorar de rir...perfect. é por isso q num depilei virilha toda até hj...inventei eu mesma de fazer...pqp...é insuportável...kkk.

Bel disse...

Oi moça! você que é a autora desse texto?

Estou perguntou pois recebi por e-mail e publiquei no meu blog, mas infelizmente não sei de quem é a autoria (ele já está em diversos blogs na internet), gostaria de poder mencionar a autoria no meu blog, caso seja realmente seu.

henrique teixeira disse...

FUNNY FUNNY
FUNNY
RISOS
BOM, BOM DE MIAS
ADOREI
RISOISOO


XXXX HENRIQUE TEIXIERA

KKKKKKKKKK

débora disse...

Caralho, sensacional!


O melhor texto dos últimos tempos.

fada disse...

o melhor dos melhores!!!!

Keo disse...

Até chorei(Meio por pena meio com riso)

Grupo disse...

o melhor de toooodos!!!! \o/


vcs são d+ chorei de rir!!!!




parabéns

www.amagnifica.com/grupooliveira

Observador disse...

Excelente texto. AMEI. Meninas, vcs estão de parabens. Bjs

Anônimo disse...

Minha mãe chorou de rir...
E eu junto..
M.V. 24 anos
R.V 53 anos
Amamos!

depilação Laser disse...

Adorei! Alias toda a gente riu imenso! Muito bom!

Daniel Magalhães disse...

Coitada da minha namorada :x

AHEIUHAIUAEHIUAHEIAUHEIAEHAIUEAIUEHAIUEHAUIHEIUAHEIUAHEU!!!

OPN! disse...

Pelo amor de Deus...
Agora valorizo em TRIPLO o que minha namorada passa pra ficar "bonita pra mim" (palavras dela).

Beijos.
OPN!

Arcanjo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

-
Dei trela adoidado aki,
kkkk
ainda bem que eu nasci homem... vc's sofrem demais!

日月神教-任我行 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,a片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,性愛

Anônimo disse...

Texto muito bem produzido, poderia fazer um filme.... minha 1° vez!!!!

beijos..

Minha vida tem trilha sonora disse...

Sensacional! Passei mal de tanto rir. Sofro a cada depilação, sinto como se fosse pra uma sala de tortura mesmo.

Thatiana Seixas disse...

hahahahahhahaha! já li esse texto há algum tempo, mas não sabia que era seu! parabéns! ri demaaaaais!

verônica alcovér disse...

GENIAL!
Li em voz alta, entre risadas minhas e do marido.Morrendo de vergonha da galera no quarto do lado ouvindo e taxando a gente dos pervertidos do quarto 6. E da Penélope, que não leu mas deve estar lá, rindo por dentro de ter cobrado mais uma vez por uma sessão de tortura burlesca.

Vem cá... o que merda nós andamos fazendo com as nossas Abigail?!

Baby disse...

Simplesmente genial. Nunca ri tanto em minha vida cada linha que lia me lembrava da primeira vez que fui depilar foi igualzinho. hahahahahhaha

Suzan Marina disse...

Sem palavras..somente lágrimas..e muitas!

Nunca fiz depilação com cera e depois disso tenho mais certeza que nunca farei!

Pena que o blog está parado...

Você escreve muito bem e o texto é engraçadissímo. Tá rolando no facebook o link.

Beijos

eltom disse...

Olá val quero que entre em contato comigo pode ser?
me manda um e-mail
djeltom@gmail.com

Cjaio Alencar disse...

Olá.
Tenho interesse nesse texto.
Gostaria de entrar em contato para conversarmos a respeito dos Direitos.

Fico no aguardo.
caio.alencar@live.com

Grato.

Paula disse...

Minha primeira depilação com cera fiquei revoltadíssima também. Xinguei a sociedade inteira de todos os nomes, fiquei feminista fervorosa.
Mas sei lá, hoje, lendo isso, acho exagerado... E depilar a região do anus é a parte menos dolorida!
Acho que é melhor depilar, da forma que for, do que cultivar pelos, porque isso atrapalha muito a higiene do local.
Também não gosto da dor, mas, se depilar de 15 em 15 dias, dói menos e os pelos começam a rarear um pouco.
Além disso, é sempre bom encontrar uma BOA depiladora. Perguntar para as amigas, se informar, porque quem não sabe depilar direito machuca mais o outro. A depiladora dessa história, por exemplo, não devia ter lá muita técnica...

O Velhinho in: disse...

Achei sensacional, parabéns!... Este, sim, é um daqueles textos expertos, artísticos e com cara de terno!... Quando acabamos de ler, meu encosto fez uma cara estranha!... Já sabia que ele estava pensando sacanagem! E não deu outra, tá lá no meu Face oceann bolla, com o título: "DA SÉRIE “MEU DIMANCHE ALEGRE VAI SER”
E o que achei maravilhoso aqui é que as pessoas leem e comentam... No meu Face tive que colocar um aviso, pq um monte de gente cheia de frescuras, pedi pra retirar a marcação e menos de 5 pessoas leram!...
Não, não é que o texto seja ruim, pois participo do concurso Talentos da Maturidade, do Banco Santander, meu texto é um dos mais lidos, mas o pessoal do Face mesmo quase não compareceu!
Parabéns, de novo! E se quiserem me dar o prazer da presença por lá , o end. é: https://www.talentosdamaturidade.com.br/trabalho/40383/o-velhinho-in-a-batalha-do-rio-jenipapo-a-sangre
OBRIGADO!

Anônimo disse...

Ri muitooooooooooo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Milla Kunis disse...

Nossa! Ta de parabéns, fantástico o texto! Amei e fiquei imaginando quando for fazer a 1ª vez vou ficar lembrando do texto e não vou parar de rir ahsuahushaush.