27.5.09

Propaganda



- Tá tenso.

- Hein?
- Tá tenso. Com a Gabi.
- Quem é Gabi?
- Minha namorada. Aquela moreninha, cabelo curto. Não lembra? A que vem me buscar de vez em quando.
- Uma muito gata? Com uma pintinha aqui do lado do nariz? Assim, com todo respeito.

- Ela mesma. Anda reclamando demais. Cada dia é uma pendenga. Agora deu pra dizer que eu tenho um gosto muito duvidoso pra filmes.

- Sei como é. Ela gosta de comédia romântica e quer que você veja tudo que a Meg Ryan já fez.

- Não, não. O problema é o seguinte. Eu gosto de Rambo, de Velozes e Furiosos, de tiro, de briga, de fratura exposta. Senão eu durmo no cinema. E ela gosta de uns filmes que nem no shopping passam. Outro dia me forçou a ver um tal de brilho da mente de lembranças.
- Brilho eterno de uma mente sem lembranças.

- Esse mesmo.
- Do caralho... já vi sei lá, umas cinco vezes.
- Sério que você gostou? Eu achei uma mentirada só. Apagar memória? Isso nem existe, ridículo.

- E o Rambo existe desde quando?

- Ah, mas é diferente.

- Sei.

- Tudo bem, ela sempre vai comigo ver os filmes que gosto. Mas eu não aguento acompanhar ela nessas merdas.

- Pô, mas aí você não tá sendo justo.

- Ah, mas eu já aturo o gosto musical dela. Ela me faz ouvir cada coisa. Olha só, gravou esse monte de cd pra eu conhecer as coisas que ela gosta.

- Poxa, que coisa mais.... carinhosa. Ela fez até capa e encarte.

- Ó, nem tinha visto. Se quiser pode pegar pra você. Esse que tem Beatles, Rolling Stones, David Bowie, pode levar tudo. Não sou museu pra gostar de velharia.

- Rapaz, fala isso não.

- Eu acho que ela ouve umas coisas diferentes só pra dizer que é moderna, sabe como? Tem que ver os lugares que ela gosta. Dá cada figura.

- Uma vez encontrei vocês numa balada dessas, lembra?

- Puta... foi. Show do Radio-alguma-coisa.
- Radiohead. Ela gosta?
- Porra, se ela pudesse acompanhava a turnê.
- Eu também.

- Tá doido. Eu não aguento guitarra. Nem gente berrando. Eu prefiro uma coisa mais eletrônica.
- Então gostou do Kraftwerk?
- Cruzes, nem fudendo. Uns puta caras esquisitos. Prefiro um trance, uma rave. Esse papel kraft aí é sei lá, meio parado. A Gabi que gosta.

- É, vocês têm que entrar num acordo então. Um cede aqui, o outro ali.
- A gente saiu ontem pra trocar uma ideia. Ela disse que ia me levar pra jantar.

- Pô, bacana a iniciativa.

- Mas foi uma merda. Ela me levou pra um restaurante tailandês.

- Porra, me amarro.

- Fala sério. Eu caguei fogo hoje, de tanta pimenta naquele frango.
- Ah, então o cheirão no banheiro...
- É, fui eu. Culpa daquele frango do inferno. Em vez de a gente se acertar, ficamos lá, cuspindo fogo.

- Me diz uma coisa. Assim, vou perguntar na boa.

- Vai lá.

- Por que vocês estão juntos? A coisa melhora quando... enfim, o sexo é bom?

- Pra ser bem sincero, já foi melhor. Ela andou... chega mais perto... ela andou inventando umas histórias meio loucas. Comprou peruca,
se fantasiou. Pediu pra eu fingir que era o Dr. Pinto, um ginecologista tarado, depois que era um alienígena que ia fazer um exame de fertilidade nela... porra, ainda comprou um vibrador no formato do dedo do ET.
- Que beleza....

- Oi?

- Não, nada. Que garota...assim, criativa, né?

- Demais, demais. Aquela ali parece que fica pinicando, se ardendo toda. Deve ser de tanta pimenta tailandesa. Agora falando isso tudo com você, me veio uma coisa na cabeça.
- Manda.
- E se você conversar com ela? Se disser que eu sou foda aqui no escritório, que sou respeitado, que tenho um futuro promissor, que a mulherada cai matando, mas eu saio pela beirola.

- Saquei. Você quer que eu minta?

- Isso. Ó. Ela vem me buscar hoje. Você desce, puxa papo falando dessas bandas ruins que vocês gostam, desses filmes com mais diálogo que porrada, depois você fala de mim e aí vai, deixa fluir.

- Porra, cara, tô achando que isso não vai dar certo. Vai dar merda.

- Acha que ela vai sacar a armação?

- Não é bem isso que eu tinha pensando.

- Hein?

- Nada não, tô pensando alto.

- Cara, ela nem vai sacar nada.

- Você gosta mesmo dela? Você ama ela?

- Nunca pensei nisso.

- Nunca pensou? Como assim? Então pra que esse esforço todo?

- Ah, sei lá, eu curto ela. E não tô fazendo nada melhor. Mas não conta pra ela.
- Nada de amor, então?
- Não.
- Certeza?
- É.

- Beleza. Tô dentro. Que horas ela chega?

ilustração em www.vidabesta.com

55 comentários:

Raul Oliveira disse...

Nossa......eu dei muita risada...ahIUAHuhaUHAUA

Esses dias acabei descobrindo o blog de voces, agora nao saio daqui, ja li quase todos...huhAUHUAH

Parabens meninas...

Duas disse...

muito bom, docinho. adorei porque salvou a minha pele e porque o texto é uma delícia.

e a gabi vai sair de namorado novo.

eeeeee

beijo e saudade

Helen disse...

hahahaha
sabe que já rolou um lance meio Gabi comigo? muito bom mesmo!

marcella disse...

MUITO BOM!
adorei o blog!
voltarei sempre.

Ana disse...

Hahahahaha, que balaaaaaaaa. Fico sempre aguardando anciosa um texto novo aqui. Bom demais!! parabéns.
Bjos

Ana Guimarães disse...

Adorei! Muito bom o texto!

Rodrigo Artur disse...

Sai pela beirola. Impagável.

Katia Giselle disse...

Como sempre, imperdível!
Impossível não visitar essa página.

Minoru disse...

Realmente, excelente! Parabéns pelos textos, são ótimos! Ganharam mais um leitor!

xD

Bel Lucyk disse...

Muito bom!
Um dia desses vi uma situação bem parecida. Botei fé!

Paulo Bono disse...

já disseram isso, né.
o importante são os gostos.
acho que foi no Alta Fidelidade.

abraço

Rakky Curvelo disse...

e quem é que nunca foi Gabi na vida?

Dedinhos Nervosos disse...

Namorado-cupido. ehehehhe

figbatera disse...

Muito bom, como sempre!
Esse aí entregou de bandeja, né?

ps.: olhe, Ana, não fique tão "ansiosa"; logo, logo tem mais por aqui...rs

Flavs disse...

O texto de vcs sempre alegra meu dia! :)
Parabéns!!!

Bruna Duarte disse...

Adorei!!!
A Gabi precisava mesmo de um cara que fosse mais a "cara" dela!
hahaha

adoro o blog de vcs...
não saio daqui!
beijos

gabrielouback disse...

Leio o blog já faz mais de um ano e tralalá. Textos sempre [eu disse SEMPRE] muito bons. Mas não me pergunte porque nunca comentei.

Dessa vez foi além. Parabéns!

Doji disse...

hahahah ri mto, gzuz!

Nessa disse...

Excelente!!!!!
Quem não dá assistência, abre concorrência, perde a preferência e sofre as consequências.
hahahaha
Parabéns pelo texto!
;**

Elga Arantes disse...

Oi,
Seu blog é muito bom. Muito, mesmo!
Às vezes, procuro um novo espaço com o qual me identifique. Às vezes, encontro. Hoje dei sorte.
Seu conto sobre Duda e Eric é espetacular.
Parabéns.
Elga

Ran Omelete disse...

Eu tinha imaginado um final diferente. Que apesar dos deles terem gostos diferentes num monte de coisa, isso não atrapalhava o relacionamento, que mesmo assim se gostavam, coisa e tal. Mas enfim, acho que as pessoas gostam de ficar com quem tem os mesmos gostos. É mais fácil.

E legal o blog. Só não entendi por que são "Redatoras de merda".

Ah, deixei um comentário na postagem anterior.

Leci Irene disse...

Meninas! Genial... dom da pena,realmente! Amei! Um recado prá mulherada: tá sentindo que o marmanjo não te curte? cai fora! tem alguém especial lá fora!

Sam disse...

Saudades de vocês!!! Por onde andaram nesse último mês que nem teve postagem?!
Bom, adorei esse texto! fantástico!
Aposto qual seria o final: o amigo desce e fala com a guria e ela se amarra nele e larga o banana do namorado dela!
Adorei mesmo!

Gabriela Gonçalves disse...

hhahahaha.. Gente boa o amigo hein>???

Samira Baião, ou a tosca. disse...

Gabi se deu bem, bjs.

Sônia disse...

Ótimo!Ótimo! Vocês são demais!

Ninguém merece um namorado imbecíl desses...mas o amigo vai dar um jeito! rs...

gabriela ticle disse...

Impressionante! Essa Gabi só pode ser eu!

darsh. disse...

me senti essa garota aí..
coitada da gente.

Careca disse...

Meninas, é um "plot", como observou o Bono. Bem escrito, como sempre.

Poeta Matemático disse...

Adorei

Heheheh

Acho que alguém aí vai ser o Dom Casmurro da história

Masao Yogi disse...

História real? se for... me apresenta essa mulher... rsss muito bom o texto! Parabéns!

Ana Paula Silva disse...

Eu gostaria de saber, onde vcs acham essas imagens no Vida Besta. Eu entro, procuro e não acho! =/

Adoreiii o texto!

R. paschoal disse...

É o que eu chamo de reciclagem romântica. Se não presta pra uns, é o mundo pra outros...

Victor Nassar disse...

hahaha Muito bom!!! Vai dar merda mesmo! hahah

Parabéns pelo blog, linkei viu?


Beijo!!

Nathalia disse...

COMO EU GOSTO DESSE BLOG.......

Paolo Fraga disse...

Justiça seja feita !
muito bom!

MR disse...

Dá o telefone dessa Gabi?

Wanessa Guedes disse...

noooooooossan, eu gosto tanto daqui.
viciei ;~

ps.: quem nao ja foi uma gabi? ;x
beijos meninas

Adriana Neumann disse...

Olá
Acabei de distribuir selinhos entre meus blogs favoritos. Vá lá e pegue o seu: http://adrialactaest.blogspot.com/2009/06/selo.html

Lucas disse...

Que horas ela chega e aonde é ela está? Me fala, preciso encontrar uma dessas.

=)

Wanessa Guedes disse...

eu quero um novo texto.. logo

*_*

Amanda Tanajura disse...

Parabéns Pelo Blog.
Conheci esses dias, e agora entro sempre pra ver se tem algum post novo.
Bjo

Anônimo disse...

Maravilhoso!
(Insira aqui um comentário decente falando sobre como gostou do texto e, claro, desse blog.)

Leonardo Delarete Pimenta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juca Filho /jucafii disse...

Bem legal. Um tostãozinho a menos de evidêcia e o texto ia ficar perfeito. Tipo... o amigo lá pela terceira não se entusiasmar tanto, mas mostrar que conhece... Ao invés de "me amarro" o cara diz algo tipo": O Radiohead, um grupo legal, fez isso e etc. O namorado: Parece ela falando...

(Pentelho eu, não? re re re)

Agora eu queria saber é porque a Gabi não largou o cara antes. Aí é que mora o perigo e é aí que o amigo pode se ferrar porque, se ela quisesse largar o mané antes, afe, não ia faltar outros moços pra lhe "amparar".

Parabéns pelo blog. Muito legal mesmo.

Juca Filho /jucafii disse...

Ah... e o ilustrador de vocês é um espetáculo!

...

Ps: a propósito do meu comentário anterior, não reparem, é que eu sou redator de merda profissional! >;o)

teo netto disse...

Boa!
adorei.
beijocas

maria disse...

Hehehe, é assim mesmo que funciona!

Ótimo texto!

minicontosperversos disse...

Não, Maria. Não é nem um pouco assim que funciona.

Rs. de M.: Rola uma consultoria de como responder tantos comentários iguais? O Anônimo ali desabafou com jeito.

Ale Guerra disse...

ual! adorei.

Thiara Pagani disse...

Nossa! AMEI o blog.
Esse texto da um curta!

Bruno Reis disse...

hahaha. foda.

Criola disse...

Gurias... amei!
Eu sou a Gabi, mas cadê esse amigo fofo e sensível?

kkkkk
bjs,
Criola
http://atelierdacriola.blogspot.com

Caroll disse...

rs..muito bom!!!Adorei o texto!!1

Caetano disse...

eu casaria com a namrada dele agora mesmo!

muito bom.
beijos