1.3.07

Crenças


Você acredita em quê? Acredita, por exemplo, em sinais? Você quer muito um emprego no setor de marketing de uma marca de laticínios. Sua avó o convida para um lanche na casa dela e chegando lá, qual a marca do queijo, do requeijão e da manteiga? Você pensa se é coincidência, se é um mero acaso. Aí, voltando pra casa você cumprimenta seu novo vizinho que acaba de chegar, ele dirige o carro da empresa. Sim, a da marca de laticínios.

Há um tempão você não encontra com sua melhor amiga do primeiro grau. Vocês viviam grudadas, o recreio era só de vocês duas. Aí o tempo passa, os caminhos tomam rumos diferentes e quando você se dá conta, são mais de dez anos sem vê-la, mesmo as duas morando na mesma cidade. Sem saber exatamente por que, você se lembra dela. E na outra semana vocês se reencontram. E de novo e de novo. Isso já aconteceu com você? Como isso se chama?

Você acredita em promessa? Imagine a situação: você precisa escolher um apartamento para comprar. O mês é agosto. Você escolheu morar em Vitória, é lá onde trabalha, sai, faz compras. Passa agosto, setembro, outubro. Você tem até novembro para achar um apartamento e se mudar. Precisa fazer matrícula na escola para o filho e o prazo final está perto. Mesmo rodando o classificado de imóveis de cima a baixo todos os dias, passando as horas de almoço com os mais diferentes corretores (onde eles aprendem a ser tão chicletes?) nada de achar apartamento. Bate o desespero, você se vê indo até o Convento da Penha e se pega fazendo uma promessa se conseguir achar o apartamento desejado até o fim do mês. Em quinze dias você encontra o que procurava. Não em Vitória, mas em Vila Velha. Em um mês o apartamento está comprado e você morando dentro dele. E, acreditando ou não, nem por um momento pensa em não pagar a promessa.

Você acredita que vai ficar a vida toda com uma pessoa só? Acredita que dessa vez é pra valer? Acredita que essa era a pessoa que você tanto procurou? Mesmo quando você começa a ver as coisas de um outro ângulo, quando você se decepciona, quando tudo muda de cor, você ainda consegue acreditar? Ou vira teimosia, insistência, dificuldade em admitir o fracasso? Você conhece um casal de amigos, sai sempre com eles, ouve as histórias de viagem que eles contam, escuta os planos para daqui a cinco, dez e vinte anos. Vai com eles conhecer o novo apartamento que vão pagar por uns bons quinze anos. Pode um amor durar tudo isso? Ou será que as pessoas se agarram aos compromissos para poderem justificar uma relação?

Quando um amor vale uma promessa, um emprego vale todo o seu otimismo em achar que lá na frente há um pote de ouro, mesmo estando submetido a tanto estresse, o que faz você acreditar que um dia as coisas irão mudar? em deus, no diabo, em você, no buda, em maomé, no futuro? Quanto de convicção em um deles ou em todos é necessário para seguir em frente?

E o pior de tudo, mesmo eu não acreditando mais em um monte de coisas, ainda estou disposta a continuar. Não acredito mais no casamento, não acredito que um dia esse país ficará menos injusto, não acredito que um dia vou ganhar muito dinheiro com o que faço. Mas aqui estou eu. E você? No que você acredita para seguir em frente e não desistir de viver?

14 comentários:

Bruno R. disse...

eu acredito nas redatoras de merda.

:-D

Jonas disse...

Saber que ficar velho, é voltar a ser criança.

Duas disse...

O melhor seria nem esperar nada. Expectativa é uma merda.

Já disse e repito: adorei o texto. É uma você diferente e que eu continuo amando:)
bj, val.

José Arnaldo disse...

.


Bacana.

Bira disse...

show

júlia disse...

acredito que o dia de amanhã seja, pelo menos, engraçado. é uma das coisas que me faz seguir.

Primo disse...

Eu continuo porque acredito que posso conseguir o que quero - e o que eu quero depende muito mais de mim do que de buda, deus, diabo, o que for. Continuo pq gosto do que tenho hoje e quero mais. Sem ilusionismo. Beijos p/ as duas. Texto maneiro.

Everson disse...

Meeeedo do futuro(rs).

mucho bom :)
beijo

oamareloeonada disse...

q a qualquer momento as coisas podem mudar de rumo. e isso é bom.

Giovana Duarte disse...

Tô me perguntando aqui porque não achei esse blog antes! Minha amiga Tati me passou ontem o link de vocês, o namorado dela foi no Carnaval pra casa de uma das Redatoras e ela comentou de um texto que vcs publicaram sobre "pai"... e cá estou, super-emocionada com tanta sensibilidade. Vocês são in-crí-veis no que escrevem, o texto sobre "Pai" me fez chorar, de verdade. Bjo pra vocês, e parabéns! Ganharam uma fã, tenham a certeza ;-)

Duas disse...

olá giovana! seja muito bem-vinda e volte sempre. a gente que quase chora sabendo que alguém gosta do que escrevemos.

um grande beijo!

elisa

José Arnaldo disse...

.


Acabou os textos, acabaram as palavras?
Atualiza isso aew, mulheres.



bjs

Anônimo disse...

Eu acredito que a nossa vida é uma grande ilusão. Onde todos sofrem justamente por ter fé. Aí você pergunta: Como assim? A fé é quem nos mantém vivos. É ela que nos inspira a viver, a acordar todos os dias e ter um objetivo na vida.

Discordo. Ela é que causa sofrimento. Em várias situações nos pegamos pedindo coisas a seres superiores independente de o que ou quem seja. Quando conseguimos, tudo bem, ficamos felizes e já estamos em busca de algo a mais. Quando não conseguimos criamos uma própria auto-desculpa: "Não era para ser agora", "Quem sabe melhor assim". Tudo besteira! Nós mesmos inventamos todas essas porcarias.

Se impressionamos e nos culpamos por coisas fora do nosso alcance. Por exemplo, quando um bebê nasce e logo em seguida morre. Todos se assustam pensando, qual era o motivo dele ter nascido e morrido. Então dizem: "Ela seria uma ótima mãe, por que Deus fez isso com ela?"

Porra, parem com essa ilusão! Somos animais, oras bolas, morrer faz parte da vida. Não era um recado, não era uma reencarnação. Era um ser, estava sujeito a morrer. Até parece que com os outros animais isso não acontece. Aí você pensa, nossa que cara frio...mas poxa, pare pra pensar e diga que estou errado.

Criamos um mundo de encanto. Queremos ser bonitos, populares, ricos. Viajar por todos os países só pra depois postar as fotos no orkut e matar os outros de inveja. Ah, não é isso? Então porque você quer ter um cargo melhor na empresa se você é feliz com o seu? Ganhar mais se você consegue sobreviver com o que ganha? Trocar de carro se o seu ainda funciona?

Está tentando impressionar quem afinal de contas?

Realizamos muitos sonhos alheios só para mostrar que os outros são incapazes. Com a ajuda da publicidade e suas frases feitas do estilo "Venha realizar seu sonho" nos afundamos no sofrimento achando que nossa vida é uma desgraça e nunca melhora.

Entretanto, após você ler isso, não se preocupe. Tudo voltará ao normal. A tabela do brasileirão será atualizada, alguém será eliminado num reality show e você irá voltar a fazer planos para realizar seus sonhos.

Boa sorte e boa vida!

valeria semeraro disse...

uau, esse anônimo, além de cético, é bem egocêntrico. muita gente tá viva e suoera coisa pela fé. pela fé numa religião, pela fé em que as coisas vão melhorar, enfim, pela fé. muita gente, falo por mim, não coloca fotos no orkut e nem no facebook. e nunca, nunca pensei que elas poderiam ser usadas como instrumento para provocar a inveja alheia. cada um acredita no que quer, querido. cada um tem os seus motivos. não taxe o mundo com a sua visão.