2.10.06

Na cama



- Vem cá, deita aqui do meu lado.
- Peraí, tô acabando de espremer um cravo.
- Faz isso não, gata, você vai ficar toda marcada. Vem cá, vem.
- Já vou, já vou.
- ...
- Meu nariz tá muito vermelho?
- Tá igual ao do Bozo.
- Pááára.
- Eu falei pra você não espremer.
- Ai, tô com frio, vou pegar uma coberta.
- Você não pára quieta.
- Quer água?
- Você sabe o que eu quero.
- Agora sim. Juro que não levanto mais.
- Humm...você tá tão cheirosinha.
- Mô, levanta um pouco o braço, você tá prendendo meu cabelo.
- Assim tá bom?
- Tá.
Triiiiiimmmmm
- Ah, não, putz...
- Deixa tocar, gata.
- Mas a Paula ficou de ligar pra gente combinar de ir ao cinema.
- Dane-se a Paula e o cinema. Quero ficar com você aqui, só existindo.
- Tá bom, chuchu.
- Ai, agora meu braço tá dormente. Vira um pouco de lado, isso. Levanta essa perna também. Agora tá bom. Quer dizer, tá meio quente aqui. Você desligou o ar?
- Só um pouquinho...
- Putz, por isso que eu tô suando. Levanta de novo e liga então. Não dá pra ficar fritando aqui.
- Tá bom, tá bom.
- Humm, vem cá, vem. Isso, agora tá ótimo.
- Coloca só esse braço aqui, assim.
- Melhorou?
- Tá ótimo.
-...
- Mô?
- Oi.
- Preciso levantar pra fazer xixi.

6 comentários:

Bruno R. disse...

aaaaaaah, o amor...

Duas disse...

paciência, paciência. o grande segredo da vida. e tão bem guardado que ninguém acha.

Duas disse...

agora que bruno comentou, também vou comentar (senão você ia achar "ah, comentário da docinho não vale:).
gostei disso:)faça mais diálogos, docinho, vc tem tanta coisa bonita e legal pra falar:)

carol veiga disse...

isso mesmo, fala mesmo! hehehe

everson disse...

eu me perdiiii
kkkkkkkkkkkkkkk

C à Heinecke disse...

Haehuah ai, ai, essa precisa de uma pegada de jeito xDDD