8.7.07

Acorda!


Desista, nunca vai ser desse jeito. Não é feito para ser assim. Ele não vai se interessar pelo modelo do seu vestido de casamento. Não importa se vai ser de renda com brilho aplicado ou de cetim com decote nas costas. Ele não vai nem se lembrar no outro dia.
Ele vai concordar com tudo que você escolher apenas para sair mais depressa da loja de móveis. Não se iluda, ele não tem bom gosto, aliás, ele nem sabe o que é isso. Esqueça, ele jamais saberá tomar uma decisão sozinho. Você que irá escolher o dentista, o restaurante, para onde vão nas próximas férias. Com o tempo, as poucas idéias que ele sabe dar ficarão ainda mais absurdas e improváveis.

Ele não vai à reunião de pais com você, vocês não irão juntos ao supermercado nem à feira de produtos orgânicos. O próximo apartamento é você quem vai ter que escolher. Não espere que ele troque a lâmpada queimada ou que conserte o vazamento do tanque. Provavelmente ele nem se lembra de que vocês têm um tanque. Sinto muito, querida, mas é assim que funciona. Agradeça se ele fizer sexo com você três vezes por semana. E se quiser continuar casada, não exija nada mais que isso. Ele trabalha e põe dinheiro em casa. E comprou o carro para você ir buscar sua mãe no aeroporto, levar a empregada até em casa quando ela perder o último ônibus. Então não peça mais nada, pare de reclamar da toalha em cima da cama, da roupa suja no chão do banheiro, da tampa da privada levantada, da luz acesa, da garrafa de água vazia, do lixo aberto, da cafeteira ligada, da porta destrancada, da chave pelo lado de fora.

Esqueça tudo que você ouviu sobre homens modernos que dividem a tarefa doméstica com suas mulheres. Eles representam durante algum tempo, mas voltam às origens mais rápido que você imagina. Todo processo de evolução é demorado. Portanto, aceite os fatos, não reclame, torça para a estagiária dele não ser gostosa, tenha disposição de sobra, sorria, seja cheirosa, cuide da pele e do cabelo, dos filhos, da casa, das contas e, de maneira alguma, deixe de ir para a academia.

Ou entre para o clube das separadas, amargas, sem esperança, desiludidas, mal amadas que não têm a menor idéia de como irão encontrar outro desgraçado para atormentar a vida dele com tantas frustrações.

25 comentários:

Giovana disse...

Putz! Esse final de semana assisti "Separados pelo Casamento" e fiquei me sentindo a própria Jennifer Aniston... agora leio esse texto (ótimo!) e penso: será um sinal? Hum?
Hehehe
Tá parecendo um sinal, na boa... hehe
Bjo! Texto muitíssimo bem escrito, pra variar!

teonetto disse...

vocês são boas garotas!

Duas disse...

muito bom, docinho. posso escrever sobre isso também? pode? você deixa? êêÊeêÊ, sabia que ia deixar hihihi
assunto bom esse, rende muito.

e-lisa disse...

Isso é a mais pura verdade.
Infelizmente... rs
Q nao deixemos eles saberem disso ne?

Mto bom o texto pra variar!

Anônimo disse...

o vazamento era na privada...

manu, cara de anú disse...

Oxe, acho que é melhor ser solteira, heim xD
ótimo texto ^^.

Bruno R. disse...

é, as velhas reclamações. nem sempre justas, convenhamos. parece até que homens são todos lixo e mulheres sempre impecáveis. conheço meninas que têm a maioria das falhas que são apontada aí como exclusivamente masculinas. mas enfim, talvez seja um efeito colateral do feminismo. hehehe
=*

olney disse...

É, o texto está óimo mesmo; mas se essa é a média do comportamento dos homens, isso me faz sentir, modéstia à parte, muito especial, um maridão de causar inveja, eheheh!!!

Mrs. Evil disse...

ótimo discurso pra rolar num casamento...

José Arnaldo disse...

.

nossa me vi neste texto. sou assim mesmo: jogo cueca no chão para ela pegar, assôo o nariz na própria camisa enquanto vejo televisão.

acho que não só eu, mas como no texto, todos os homens são assim. e ela, como sempre, impecável, tirando os puns que solta debaixo do cobertor...


.

six disse...

muito bom .
rs
é a pura verdade

raquel disse...

Puxa, visto desse ângulo o clube das amarguradas não parece tão mal assim. Aliás, me dei conta disso no dia em que percebi que o único ser que eu estava sendo capaz de suportar ocupando espaço e perdendo pelos na minha cama era o meu gato.
Ruim com eles pior sem eles, ruim sem eles, pior com eles, eu não sei mais de nada.
PS: cresci com um pai que cozinha, limpa, arruma, cuida, enfim, um em um milhão no mundo. como é que a gente se vira com um parâmetro desses? nothing compares...
by the way, obrigada pela visita! ;)

Luciana disse...

Já está mais do provado que as mulheres sao superiores aos homens, conseguem trabalhar fora e dentro do lar, tarefa impossível pra eles..Mas fazer o q, se nao vivemos sem eles?!?!

Karolzinha disse...

Meninas eu estou adorando isso aqui. Já virei fã de vocês. Nossa como escrevem bem e conseguem tocar a alma, é como se me visse em cada texto. Já fiz a maior propaganda de vocês, linkei um texto no meu blog e se vocês escreverem o livro estarei na fila de autográfos. Beijos.

Diretor de arte disse...

Olá!

Adorei o blog de vocês! Vou colocar um link de você no meu blog, se vcs permitirem, claro! Dá uma olhada lá e me fala: www.publicidadedevarzea.blogspot.com

abs

Fernanda disse...

Hehehehe, ôoooo triste realidade!

"PAREMMMMM o mundo , quero descer!"

bjos!

Tuca Hernandes disse...

Na eterna busca pelo homem perfeito, muitas princesas, num belo dia, descobrem que viraram a madrasta má - tanto no físico, quanto no psicológico. Ô tempo que botox algum conserta, viu?

Tadinhas.

Tuca Hernandes disse...

Na eterna busca pelo homem perfeito, muitas princesas, num belo dia, descobrem que viraram a madrasta má - tanto no físico, quanto no psicológico. Ô tempo que botox algum conserta, viu?

Tadinhas.

Vanessa disse...

raquel, meu pai é do tipo do teu: homão pra toda obra, do tipo que cozinha, lava, passa, leva, busca, conserta, monta, compra, escolhe, decide, dirige 12 horas seguida, levanta peso, abre porta, repara em cabelo, roupa e sapato, lê jornal, me tira dúvida de português, latim e grego, sabe de tudo e me faz sofrer desse maldito complexo de electra, que por sua vez me faz ter uma vida afetiva de merda, porque eu vivo atrás desse padrão inatingível de homem que não existe, que veio de Kripton, aaaaaaargh!

Minha vida seria muito mais fácil sem meu pai, enfim.

Anônimo disse...

Com os meus cumprimentos a este excelente blog, com a mesma singeleza encaminho-lhe outra contribuição, pois vocês merecem!!!

CARTA DE AMOR

Minha doce e desinteressada mulher, protagonista principal de todos os meus sonhos, passados, presentes e futuros. Não é assim que você gosta que eu a chame? Mulherrr arrastando bem no r? Durmo e acordo, acordo e durmo com você povoando minha mente , tal qual um pirilampo piscando, piscando, piscando. Não pense que eu vou reclamar nesta carta, por causa daquele soninho que mais uma vez você tirou, durante nossa excitante brincadeirinha sexual. Isto já faz parte das nossas vidas. Eu já acostumei. Só não gosto quando você ronca! Optar por ficar junto de uma mulher liberada, globalizada, informatizada, bilíngüe e fortíssima personalidade , tem lá suas peculiaridades. Em geral dorme-se um pouquinho depois, você inevitavelmente dorme sempre durante. Se não tivesse conhecido tantas mulheres, por essa vida afora, e a única e grande experiência só tivesse sido você, juro que ao invés de fazer sexo, preferiria jogar gamão. Não fico chateado. Você vai se recuperar, lentamente. Só não pode ser muito lentamente, porque nossa média de vida e curta. Mas creia, pelo contrário, passo horas pensando - ainda mais agora que eu estou desempregado - que se você fosse lésbica, seria muito pior. Afinal esta alegria que eu sinto, abaixo da linha da cintura, mais precisamente, na parte central entre as minhas, duas virilhas, quando lhe vejo, é um fogaço santo e independe se você esta dormindo, alcoolizada ou quase morrendo: Eu lhe amo demais! É só pensar em você e pronto: levanta. Em suas mãos pareço uma frágil casa de madeira sendo levada por um tornado. Realmente, o amor é lindo! Mas querida vou lhe pedir um grande favor. Não vá ficar chateada com estas observações, que podem parecer até mesquinhas que farei mais na última vez que, estivemos juntinhos, aqui em casa - e lógico que por absoluta distração - você levou meu cartão de crédito. Já constatei gastos superiores a seis mil reais em pequenas compras e saques. Eu sei que isto deve ter sido uma necessidade imperiosa e muito maior do que sua irrepreensível postura moral. No entanto, convenhamos foi uma dura facada nas minhas costas. Você sempre fala: “o que é meu é seu e, vice versa”. Mas meu amor, não leve tanto ao pé da letra estas suas filosofias utilitaristas. De uma freiada! O fato é que, além do cartão, sumiu também, meu talão de cheques, dois anéis de ouro, um outro de platina cravejado de diamantes e um cordão com imagem de Santo Expedito do qual, aliás, você é tão devota. Outra coisa minha virtuosa, por acaso o relógio que meu tio me deu de presente quando me formei , está com você? Já procurei a casa inteira e não consigo encontrá-lo. Fiquei até pensando:” logo aquele relógio de bolso, que ela tanto gosta e vive pedindo”. E você até merece.É todo em ouro maciço, pesadão, coisas que não se fabricam mais. Sempre foi, o seu grande sonho de consumo.Que chato, desapareceu! Será que está em algum lugar que eu esqueci de procurar? Minha rainha, eu não quero que você pense que a estou caluniando, Juro que seria capaz de cortar a minha língua. Língua não, pois certamente você sentira falta, mas um dedo. Não, não se assuste: o mindinho. O pior é que o azar nunca vem sozinho. É impressionante. Lembra-se daquele elefante de marfim, legitimo, da África do sul, cujos olhinhos são dois diamantes incrustados, que fica numa base de prata? Desculpe meu amor, mas quando você saiu é possível que o tenha colocado, dentro daquela sua mochila enorme que sempre anda com você. Dá uma olhada neste mochilão, minha eterna e adorada gostosa. Você tem a boca mais carnuda, sensual e nervosa que conheci. A mão, também! Ah, estes seios que estão sempre olhando para cima, acesos e atentos. Sabe esta tatuagem com o símbolo da nossa moeda, na parte interna da sua coxa, próximo ao baú da felicidade, ficou lindo! Geralmente as mulheres preferem borboletinhas, escorpiões, rosas, enfim, estas coisas já tão banais. Mas como você é criativa! Um dia você me disse que iria fazer uma tatuagem que seria a minha cara! Ficou lindo este $. Olha que coisa estranha, minha fada: antes de você vir aqui para casa, neste último final de semana, passei rapidinho no Cantinho do Adriano - aquela casa de variedades que fica aqui na esquina - e, comprei três garrafas de uísque Chivas Regal 18 anos e caríssimas, duas garrafas de vodka russa legitimas importada, meia dúzia de licores, é só os que você gosta: Mozart Amadé, Dom Benedictine, Maraschino Luxardo (só este foi cento e vinte reais) e outras bobagens de menor valor. O entregador quando chegou, eu mandei que ele colocasse tudo na adega, porque você estava subindo e, eu não tinha nem tomado banho ainda. Assim que ele saiu, você chegou. Agora, olha que safado! Depois que nos despedimos eu fui conferir a entrega e está faltando mais da metade do pedido do que encomendei. Que ladrão descarado. Quanto a isto não fique preocupada, eu resolvo. É impossível que neste seu mochilão coubessem tantas quinquilharias, certo? Estou muito grilado e, não sei por que viajou tão inesperadamente, para o Paraguai. Logo Paraguai! E eu nem sabia que você tinha parentes aí. Espero que você tenha deixado o endereço correto. Estou mandando para o seu e-mail: www.benzinho171@mochilão.com. br. Para terminar vou lhe dar uma má notícia. Sabe aquele colar de brilhantes da minha falecida tia, que um dia você me pediu, e eu disse que ele seria para nós comprarmos nosso apartamento? Está temporariamente desaparecido. Veja que azar! Mas fica tranqüila, sou um cara cabeça oca, mesmo. Vou me lembrar onde coloquei. Não fica nervosa, nem estressada com isso! Pelo sim, pelo não, procure dentro do seu mochilão. Beijos. Só um, para não ficar muito caro.

Anônimo disse...

EU SOU O ANÔNIMO DO RIO DE JANEIRO-NÃO CONFUNDAM - QUE ALÉM DE COLABORAR COM CRÔNICAS PARA O MELHOR BLOG DE MULHERES DO BRASIL, TAMBÉM VENDE EMPADINHA DE CAMARÃO E OUTRAS GULHOSEIMAS SALGADAS.CADA UMA!!!E AFINAL POR QUE ESTE É MELHOR BLOG DE MULHERES DO BRASIL? SENÃO VEJAMOS:BANHEIRO FEMININO É PRECONCEITUOSO, BAIXAM A PORRADA NOS HOMENS( ALIÁS COISA MAIS ANTIGA QUE ANDAR PRA FRENTE ), NÃO SE RENOVAM E SÃO VERDADEIRAS SANGUE SUGAS DA PARTICIPAÇÃO ALHEIA, POIS É UM BLOG FEITO EM CIMA DAS PERGUNTAS DOS BLOQUEIROS, CANSOU!SERÃO EXPONTÂNEOS? ACHO QUE NÃO.E PAROU NO TEMPO,FICOU CHATO E ENFADONHAMENTE REPETITIVO.
O OUTRO: AS DESASSISTIDAS, CRIARAM MEIA DÚZIA DE CHAVÕES QUE PERDERAM A GRAÇA, ESTÃO MUITO ÓBVIOS E ELAS AGORA, NÃO ENCONTRAM UMA SAÍDA PARA MUDAR.EXISTEM OUTROS NESTES MESMOS CONTEXTOS.AGORA:REDATORAS DE MERDA, DOS QUE EU CONHEÇO, É O ÚNICO BLOG FEITO POR DUAS MULHERES QUE NÃO SÃO AFETADAMENTE, FEMINISTA, PRECONCEITUOSAS, E PRINCIPALMENTE, FAZEM TEXTOS DE SINGULAR INTELIGÊNCIA E QUE PODEM SER CONSIDERADOS, COMO LITERATURA.É POR ESTA RAZÃO QUE ENVIO-LHES MEUS TEXTOS.PARABÉNS GAROTAS!SE QUISEREM DEGUSTAR UNS SALGADINHOS(RS) DAR-LHE-EIS TRATAMENTO VIP, COM DIREITO A TODOS OS PRAZERES(OHHHH!) QUE O RIO PROPICIA.QUANTO AOS LEITORES DO BLOG QUE QUISEREM ENTRAR EM CONTATO COMIGO BASTA MANIFESTAR O INTERESSE NOS SEUS COMENTS.SERÁ UM ENORME PRAZER.MAS, ENORME MESMO,, DO TAMANHO DA MAIS NOVA MARAVILHA DO MUNDO:O CRISTO REDENTOR.

Priscila disse...

rsrsrsrsrsrs
eu sou uma Separada, Feliz e Bem-resolvida. Descobri que as vezes, é melhor está sozinha do que mal acompanhada...sou moderna demais para casamentos tradicionais.

beijocas

Silvia disse...

Por que será que é tão dificil para a maioria das mulheres conviverem consigo mesmo? Por que será que sempre depositam sua felicidade na mão de um homem? E por que será que é mais difícil ainda as pessoas acreditarem que tem mulheres que vivem sozinhas e são felizes assim? Já fui casada e hoje sozinha sou uma pessoa feliz! Adoro minha companhia...

Thaisiinha ;) disse...

vejo isso de perto com meus pais dentro de casa ..

otimo texto, como sempre =)

beijão ;*

Anônimo disse...

Muito machista.
Mesmo que seja aoenas brincadeirinha, ironia, ou qq outra coisa parecida.
Bom é tentar espalhar novas idéias e menos preconceituosas.
Mesmo assim, quero dizer que é o melhor blog de todos os tempos.
Um abraço,
Sol